Momentos Marcantes do palco Plantet:Tech - Web Summit 18 | Highlights from Planet:Tech Stage - Web Summit 18

00:20:00 Patrícia dos Reis 0 Comments

Scroll down for english version

Foi na semana passada que mais uma vez aconteceu aquele que é o maior evento de tecnologia e empreendedorismo da Europa, o Web Summit. O segundo dia do evento foi marcado pela conferência Planet:Tech, que todos os anos mostra um pouco do que se anda a fazer em tecnologia em prol do ambiente. Nesta conferência foi declarada guerra ao plástico. Verificou-se que esta temática ocupou mais uns quadros de conversa, em comparação com o ano passado.

O palco da Planet:Tech abriu com o CEO da Ecosia, a ferramenta de pesquisa que utiliza os seus rendimentos provenientes de anúncios para plantar árvores. Não só de plantar árvores é feita a Ecosia, também mostram como apoiam e ajudam a desenvolver as comunidades locais dos sítios onde plantam.Um facto curioso desta empresa é que ofereceram 1 milhão de euros para comprar a floresta de Hambacher (Alemanha), onde existe uma zona de extracção de carvão, para a proteger de uma possível destruição por parte da empresa exploradora.


Também foi anunciado que por cada participante irá ser plantada uma ávore, o que ao todo equivalem mais de 7.000, no Senegal.
Esta eco-empresa tem um futuro brilhante e mostrou que ainda existem muita area para plantar, por isso toca a trocar o google pela ECOSIA!!

Foi com a CEO da TIPA que aprendemos como hackear o plastico, basicamente deram a volta ao problema que assombra o século em que vivemos. TIPA produz nada mais nada menos que  embalagens de origem vegetal que apresentam as mesmas características que o plástico mas difere num pormenor muito importante, é compostável. Daphna Nissenbaum garante que este material é compostado em 6 meses e pode ser colocdado junto no contentor de matéria orgânica (Que em Portugal não existe, ainda). 



No meio desta solução maravilha, um pormenor importante é sem dúvida o preço, pois qual seria o seu impacto económico? A CEO da TIPA exclareceu que este material pode acrescentar de 1 a 4 centimos por embalagem relativamente ás de pláticos, graças aos materiais que usam. Porque o seu objectivo é sem dúvida chegar á maior produtora de plástico no mundo: a China.

No meio destas palestras, a energia também é um tópico recorrente. Grandes nomes como a TOTAL e BP estiveram bem representadas na Web Summit. 
Steve Cook da BP veio alertar que as grandes cidades vão crescer para MEGA cidades e que para isso será necessário energia e novas formas de a obter, como por exemplo do lixo. Outro promenor interessante, juntamente a esta linha de pensamento das Mega cidades, foi dos blocos de cimento que são um recurso mais usado no mundo a seguir à agua. O que isto tem a ver com energia? Muito, visto que é um recurso que necessita de muita energia para ser produzido e as pessoas não tem muita noção disso. 

Ambas reforçam a necessidade das mixes energéticas no futuro.



English for you! 


It was last week that once again happened that it is the biggest technology and entrepreneurship event in Europe, the Web Summit. The second day of the event was marked by the Planet: Tech conference, which every year shows a little of what is being done in technology for the environment. At this conference was declared war on plastic. It was found that this topic occupied a few more tables of conversation, compared to last year.


The Planet: Tech stage opened with the CEO of Ecosia, the search tool that uses your proceeds from tree planting ads. Not only does the Ecosia plant trees, but they also show how they support and help develop the local communities of the sites where they plant. A curious fact of this company is that they offered 1 million euros to buy the forest of Hambacher (Germany), where it exists a coal mining area, to protect it from possible destruction by the operator.


It has also been announced that each participant will be planted a tree, which in all cases equals more than 7,000.

This eco-company has a bright future and has shown that there is still a lot of areas to plant, so go and exchange google for ECOSIA !!



It was with the CEO of TIPA that we learned how to hack the plastic, basically, they came back to the problem that haunts the century in which we live. TIPA produces nothing less than packages of plant origin that have the same characteristics as plastic but differ in a very important detail, it is compostable. Daphna Nissenbaum ensures that this material is composted in 6 months and can be placed together in the container of organic matter (which in Portugal does not exist yet).

You Might Also Like